Atividades paralímpicas

A visibilidade cada vez maior dos esportes paralímpicos, faz crescer em importância, também, o desenvolvimento dessas modalidades no campo educacional. Saber trabalhar com atividades adaptadas e entender as peculiaridades das pessoas com necessidades especiais pode trazer novas oportunidades de atuação para profissionais de Educação Física.

Com a realização das Olimpíadas e das Paraolimpíadas de 2016 na cidade do Rio de Janeiro, a atuação de profissionais habilitados para trabalhar nessa área irá sofrer um aumento, porém a demanda deve superar a oferta desses profissionais.

Esportes como basquetebol em cadeira de rodas, voleibol sentado, futebol de cinco, dentre outros, necessitam de profissionais capacitados para detecção de talentos e treinamento e aperfeiçoamento dos atletas.

Para preparar esses profissionais, a organização do 7º Congresso Carioca de Educação Física preparou o curso “A prática da Educação Física adaptada” com o professor Sérgio Castro, coordenador de esportes da pessoa com deficiência da Secretaria de Esporte e Lazer do Estado do Rio de Janeiro. Sua experiência é grande com o assunto, inclusive lecionando a disciplina em nível superior e com árbitro e técnico de diversas modalidades.

Marque o curso E6 na sua ficha de inscrição para participar desse curso teórico-prático.

O 7º Congresso Carioca de Educação Física acontece entre os dias 07 e a10 de junho de 2012 na cidade do Rio de Janeiro. Confira todas as informações no site do evento.

Gostou desse artigo? Compartilhe, comente!

WhatsApp do 15CCEF
Enviar