Leonardo Allevato

Certificados do 16º CCEF

16º Congresso Carioca de Educação Física

Com a finalização do 16º Congresso Carioca de Educação Física ao vivo, está na hora de você ter acesso ao seu certificado!

Nesta edição de 2021, os certificado virão com uma carga horária de 30 horas e, caso você ainda esteja estudando, poderá utilizá-lo como horas complementares na sua faculdade.

Como fazer o download do seu certificado

  1. Acesse a plataforma onde o evento foi realizado – você recebeu o link por e-mail – ou clique aqui para acessar.
  2. Insira seu login e senha.
  3. No lado superior direito da tela haverá uma saudação com o seu nome, clique na seta e depois em “Meus certificados”.
  4. Ao acessar a página, basta clicar no ícone do 16º Congresso Carioca de Educação Física e imprimir seu certificado! Não se esqueça que ele tem frente e verso, com toda a programação do evento!
  5. Tire uma foto com seu certificado e poste com a hashtag #16CCEF e vamos postá-la em nosso Instagram!

Se tiver qualquer dúvida em relação ao seu certificado, entre em contato conosco pelo WhatsApp (32) 99850-5551.

Está no ar o 16º CCEF

Em um momento em que os eventos presenciais ainda não estão totalmente liberados, mais uma vez trazemos um evento totalmente on-line!

A experiência do evento anterior foi bastante proveitosa, tanto para nós da organização, quanto para os participantes que deram feedbacks muito positivos sobre o formato dos cursos.

Nesta 16ª edição, programamos 26 cursos de atualização com temas variados e direto ao ponto. Isso significa que os assuntos serão muito pontuais em cursos de duração máxima de sessenta minutos e sempre com uma aplicabilidade prática para a sua carreira.

Além dos cursos – você pode conferir toda a programação aqui – o 16º CCEF contará, também, com um Congresso Científico, onde será discutida uma temática voltada para a prescrição de exercícios para recuperados da COVID19, além da sessão científica, com a apresentação dos trabalhos científicos enviados e que serão publicados na Revista Carioca de Educação Física. 

Uma novidade para esse ano são os níveis de acesso para participar do evento. Quem quiser se inscrever para assistir aos cursos, pode escolher uma das três possibilidades abaixo:

  • Assistir aos cursos apenas ao vivo
  • Assistir ao vivo + 30 dias de acesso
  • Assistir ao vivo + acesso permanente

E sabe o que é melhor? O investimento que você vai fazer para participar!

O valor de primeiro lote para assistir aos cursos apenas ao vivo, não passa de R$ 20,00! Lembrando que são 26 cursos + palestra magna com o professor Eduardo Netto, da rede de academias BodyTech + Congresso Científico + Sessão Científica.

É muito conteúdo com um investimento muito baixo!

Ah! Os inscritos no evento receberão um certificado de 30 horas constando toda a programação de cursos do evento.

Pula pra dentro do maior evento da Educação Física no Rio de Janeiro, totalmente on-line para o Brasil e para o mundo!

Programação de cursos gratuitos do 15º CCEF

Durante o 15º Congresso Carioca de Educação Física, teremos uma programação especial de cursos gratuitos exclusivos para quem está inscrito no evento!

Confira abaixo a programação e preencha o formulário para receber o link da transmissão.

  • Lutas e Artes Marciais – aspectos educacionais, sociais e lúdicos (Rafael Mocarzel) – domingo, 16 de agosto, das 08:00 às 09:00h
  • Avaliação e Desenvolvimento da Velocidade nos Esportes (José Pimentel) – 18 de agosto, das 08:00 às 09:00h
  • Preparação física para TAF (Jorge Vianna) – 19 de agosto, das 08:00 às 09:00h
  • Neurociências: O efeito agudo e crônico do exercício físico no desenvolvimento cognitivo e motor de adultos e idosos (Cristina Mendes) – 5ª feira, 20 de agosto, das 08:00 às 09:00h

Encerrado

Como foi o 15º CCEF

ACONTECEU! 

Em 2020, TODOS os cursos e congressos foram cancelados e somente o 15º Congresso Carioca de Educação Física foi realizado!

Contra todas as previsões e de forma grandiosa: de 14 a 20 de agosto foram 37 cursos, 5 cursos gratuitos, mais 6 cursos no Módulo Gestão, Congresso Científico, Sessão Científica com 4 horas de duração on-line, além do pré-evento CCEF Express, com mais 21 cursos gratuitos. Uma verdadeira maratona de conhecimento!

A abertura do evento contou com a presença de diversas autoridades da Educação Física e a mesa virtual foi composta pelo professor Leonardo Allevato, organizador do CCEF; professor Angelo Vargas, patrono do CCEF; professor Jorge Steinhilber, presidente do CONFEF; professor Felipe Goulart, representante do CREF1, Fábio Tubino, jornalista esportivo e filho do saudoso professor Manoel Tubino e Waldyr Soares, fundador da Fitness Brasil e que fez a palestra de abertura “A revolução do bem estar”. Esse momento solene foi apresentado pelo professor Clery Quinhones, representante da Federation Internationale d’Education Physique (FIEP) no Rio Grande do Sul, diretamente da cidade de Santa Maria, RS.

O Congresso Científico aconteceu no dia 15, a partir das 10h e se estendeu até as 17h, com a apresentação dos trabalhos científicos enviados para a Sessão Científica e que estão publicados na Revista Carioca de Educação Física.
Participaram do Congresso Científico, que teve como tema “Educação Física na área da saúde: o que muda no pós-pandemia”, a professora Eliane Gonçalves, coordenadora da Sessão Científica do CCEF, a professora Kátia Borges, diretamente de Portugal e o professor Edvaldo de Farias.

A grande novidade durante o período de realização do evento foi a Virtual Expo Fitness, uma feira virtual PELA PRIMEIRA VEZ acontecendo no mercado fitness e reunindo quase 20 expositores que puderam mostrar para o mercado sua marca e seus produtos, minimizando os efeitos da pandemia em suas vendas.

Pela primeira vez também, o CCEF teve a participação de palestrantes internacionais: os professores Maurício Cresp, do Chile e professor Ricardo Fernandes, de Portugal.

Os inscritos no combo de 37 cursos cumpriram uma verdadeira maratona de até 15 horas diárias, durante 7 dias! Sem contar com o Módulo Gestão, que reuniu grandes nomes do mercado para falar para empresários fitness, trazendo informações e conhecimento relevantes para que eles pudessem se reorganizar nesse momento de reabertura das academias.

Se você se inscreveu no 15º CCEF, já pode baixar o seu certificado clicando na imagem abaixo login e senha foram enviados para o seu e-mail!):

Quem não conseguiu se inscrever no 15ºCCEF, pode acessar nossa plataforma de cursos que acaba de ser lançada e escolher o(s) curso(s) que deseja assistir!

Em tempos de pandemia e eventos on-line, o registro fotográfico tem que ser pelos “prints” da tela do computador ou do celular. Veja um pouco do que foi o 15º Congresso Carioca de Educação Física em imagens:

Suplementação com plantas medicinais

suplementacao-com-plantas-medicinais

Apesar de um regime alimentar apropriado e balanceado proporcionar todos os nutrientes necessários para a manutenção da saúde corporal, o estilo de vida atual no mundo contemporâneo ocasiona uma corrida aos suplementos alimentares. O mercado disponibiliza diversas soluções para esse nicho, e atualmente, a suplementação com plantas medicinais tem crescido bastante entre os adeptos dos suplementos nutricionais.

Na verdade, muitos fármacos vendidos no mercado utilizam extratos de plantas em sua produção. Entretanto, dosagens erradas de qualquer substância podem se tornar mortais!

Algumas pesquisas científicas têm sido conduzidas para mostrar a eficácia das plantas medicinais na suplementação de uma série de nutrientes indispensáveis à saúde do homem.

A automedicação com essas plantas medicinais, porém, pode acarretar sérios problemas de saúde, potencializando problemas graves de saúde, principalmente em pessoas com doenças preexistentes.

O melhor a fazer é conversar com profissionais especializados – médico e nutricionista – para sabe o que usar e como utilizar!

Quer aprender um pouco mais sobre o assunto? Confira esse curso do 15º Congresso Carioca de Educação Física!

Está no ar o 15º CCEF!

Com a pandemia do novo Coronavírus, quarentena, abre tudo, fecha tudo, tivemos que optar por realizar o 15º Congresso Carioca de Educação Física totalmente ON-LINE e AO VIVO!

Essa vai ser uma grande novidade no meio de toda essa confusão e que decidimos incrementar ainda mais: serão 7 dias de cursos e mais de 90 horas de transmissão! Uma verdadeira maratona! Outra grande novidade é que agora o CCEF é internacional: teremos um palestrante de Portugal e outro do Chile, trazendo mais conhecimento e novidades para os participantes.

Para esse ano, teremos 37 cursos disponíveis, além do Módulo Gestão, que acontecerá durante um dia inteiro! Mas não se preocupe! Nenhum dos cursos acontecerá no mesmo horário e você vai ter a oportunidade de assistir a TODOS eles!

Premiação e Sessão Científica

Se você optar por fazer todos os cursos, o valor de cada um deles sairá por menos de R$ 6,00! E sua inscrição ainda pode ser parcelada em até 12 vezes! Todas essas facilidades que estamos trazendo é para que você possa se capacitar enquanto a vida ainda não volta totalmente ao normal!

Ah! Você ainda tem a possibilidade de assistir a todos os cursos inteiramente GRÁTIS! Para isso, basta enviar um artigo científico para ser apresentado durante a sessão científica: pagando a taxa de submissão do trabalho, você ganha o combo com 37 cursos! E ainda concorre ao Prêmio Carioca de Educação Física na categoria “Iniciação Científica”, podendo receber um prêmio de R$ 400,00 em dinheiro!

E por falar em Prêmio Carioca de EF, você pode votar (e ser votado!) nas diversas categorias dessa premiação e escolher os melhores da Educação Física e do fitness em 2020!

Confira todos os cursos em nosso site e não deixe para fazer sua inscrição na última hora! Você vai ter uma experiência INÉDITA em cursos on-line!

Esportes alternativos escolares

A Educação Física escolar precisa de cada vez mais criatividade e novas atividades para torná-la mais atrativa para os alunos e ainda promover a melhoria das habilidades motoras, cognitivas e afetivas, três pilares básicos que podem ser muito bem trabalhados em modalidades esportivas. Nesse sentido, trabalhar com esportes alternativos na Educação Física escolar pode trazer essa atratividade de que as crianças tanto precisam!

Separamos cinco desses esportes para você conhecer um pouco mais:

Korfebol: jogo criado na Holanda em 1902. Semelhante ao basquete, mas com regras pedagógicas, equipes mistas, não progressão com a bola e sem contato físico, tornam o Korfebol um jogo cooperativo, não violento e acessível a todos, favorecendo a pessoas com dificuldade motora, cadeirantes, terceira idade e autistas. No Brasil, seu maior divulgador e o professor de Educação Física Marcelo Soares, tendo concedido diversas entrevistas na TV como Ana Maria Braga, Fox Sports, Esporte Espetacular, Canal Futura entre outros.

Ultimate Frisbee: é um esporte coletivo praticado com um disco. O objetivo do jogo consiste em marcar pontos passando o disco para um companheiro de equipe na área adversária; tem semelhanças com o rugby e o futebol americano.

Zaccarobol: apresenta-se como modalidade esportiva para fins de ganho de qualidade de vida e de cunho de alto rendimento. Criado na década de 90 pelo professor Sérgio Plaster Zaccaro, o esporte veio se desenvolvendo e se aprimorando até os dias atuais, bem como seu formato de jogo similar ao voleibol. Praticado com duas raquetes em forma de mão, “luvas” e uma bola de tênis, com uma rede suspensa. O jogo é muito divertido e dinâmico.

Flagbol: é o futebol americano sem contato e que permite desfrutar das estratégias e fundamentos do jogo sem correr riscos.

Manbol: esporte criado na Amazônia pelo Professor Rui Hildebrando. Único esporte no mundo praticado com duas bolas em formato de “manga” por isso nome MANBOL (Manga + Bola). O material utilizado são duas bolas e uma rede suspensa.

Quer conhecer um pouco mais sobre eles? Assista a essa live com os criadores/divulgadores desse esporte clicando aqui.

Influenciadores digitais: heróis ou vilões?

Há muito tempo se discute a atuação dos chamados “blogueiros fitness”, aqueles influenciadores digitais que GERALMENTE não são profissionais de Educação Física e que vendem aulas de diversas modalidades no ambiente virtual. Mas, afinal, eles são heróis ou vilões?

Menos de 5% da população brasileira pratica atividades físicas em academias de ginástica, mas isso não quer dizer que 95% da população seja sedentária! Existe um grande número de pessoas que se exercita em parques, na sala fitness do condomínio, com assessorias de corrida, em casa… Esse número não é contabilizado, o que faz com que a quantidade de pessoas ativas seja bastante superior a esses 5%.

Influenciadores digitais: heróis ou vilões?

Nesse cenário, entram também os blogueiros fitness. Muitos deles, mesmo sem serem profissionais de Educação Física, vendem aulas on-line para pessoas sedentas de praticar atividades físicas. O Conselho Regional de Educação Física da 1ª Região (CREF 1) chegou a denunciar a atuação desses blogueiros e a ação segue em investigação pelo ministério Público.

A única coisa “boa” que podemos tirar disso é que mais pessoas podem estar se exercitando, em que pese o fato de não terem a devida orientação técnica de quem não passou pelos bancos universitários.

Mas o foco que queremos dar é o seguinte: por que você, profissional de Educação Física, não oferece serviços de aulas on-line ou outro tipo de produtos digitais que ajudem as pessoas a serem mais ativas?

Com a pandemia do novo Coronavírus, diversos clientes de academias passaram a consumir conteúdo digital, incluindo aulas on-line em diversas plataformas. Esses clientes estão se acostumando com esse conteúdo! Cabe a você, profissional de Educação Física, começar a absorver essa demanda que será cada vez mais crescente!

Você está se preparando?

UBER dos personal trainers

Todos conhecem a start-up UBER, que agrega motoristas em um aplicativo, que podem ser solicitados por quem quer se deslocar pelas cidades. Em resumo, é uma plataforma que agrega profissionais do segmento de transportes para prestar esse serviço específico. No mês de junho de 2020, saiu uma notícia anunciando a chegada do “UBER dos personal trainers”.

O que é o UBER dos personal trainers

Por analogia, trata-se de uma plataforma onde serão agregados profissionais de Educação Física que trabalham como personal trainers e onde as pessoas interessadas poderão contratar seus serviços.

A responsável por trazer essa novidade para o Brasil é a empresa americana Magic Fitness, com uma proposta de aulas personalizadas por R$ 35 e uma nova alternativa de renda para os profissionais dessa área. A empresa tem nada menos do que 2 mil vagas para profissionais de Educação Física autônomos que poderão dar aulas para alunos do mundo todo por meio de sua plataforma. A Magic Fitness já é a responsável pelos atendimentos on-line de alunos do Gympass.

A adesão à plataforma é prática: todos os profissionais passam por um processo de avaliação para garantir que os professores cadastrado tenham qualificação e infraestrutura adequadas. Se você quiser ter mais informações e se cadastrar, acesse o site da empresa clicando aqui.

Autismo e atividade física

O autismo é um distúrbio comum do desenvolvimento caracterizado por dificuldades na fala e nos comportamentos, como falta de habilidades sociais, comportamentos repetitivos, distúrbios da comunicação, distúrbios de atividade e interesse com limitações, ocorrendo principalmente em crianças e adolescentes. Cerca de 1% da população mundial é acometida pelo autismo e percebe-se, assim, que o autismo se tornou um problema de saúde pública que afeta seriamente a saúde de crianças e adolescentes.

Além dos principais sintomas de interação social, comunicação e comportamento estereotipado, as habilidades motoras de pacientes autistas geralmente são atrofiadas. Atualmente, muitas pesquisas sobre a intervenção da atividade física em crianças e adolescentes com autismo têm sido realizadas.

Atividade física refere-se a todos os tipos de ações físicas que consomem energia devido à contração muscular esquelética, incluindo exercício físico, trabalho, trabalho doméstico, entretenimento e outras atividades. No entanto, devido a defeitos sociais e comportamentais, os pacientes autistas geralmente apresentam um declínio no nível de atividade física. Menos oportunidades de atividade física têm maior probabilidade de afetar seu comportamento e causar algumas doenças crônicas, como a obesidade, que é muito comum em pacientes autistas.

A atividade física tem um bom efeito de intervenção em pacientes autistas e melhorando a saúde física e mental desses pacientes melhoram-se, também, os sintomas principais. Alguns estudos demonstraram que, após a intervenção da atividade física, todas as habilidades de interação social, capacidade de comunicação, comportamento estereotipado e habilidades esportivas de crianças e adolescentes com autismo foram aprimorados, o que pode reduzir o grau de autismo. Esses estudos mostram que a atividade física é muito eficaz na intervenção de crianças e adolescentes com autismo.

Embora um grande número de estudos tenha mostrado que a atividade física é eficaz na intervenção de crianças e adolescentes com autismo, os resultados de estudos individuais ainda podem ser incertos devido às grandes diferenças no tamanho da amostra, meios de intervenção, tempo de intervenção, frequência de intervenção e resultados da medição em vários estudos.

Uma meta-análise foi realizada em estudos de intervenção da atividade física em crianças e adolescentes com autismo nos últimos 10 anos para avaliar objetivamente o efeito da intervenção da atividade física na capacidade de interação social, capacidade de comunicação, comportamento estereotipado, habilidades esportivas e grau de autismo de crianças e adolescentes com autismo, de modo a fornecer a base para a aplicação clínica da intervenção de atividade física na operação de crianças e adolescentes com autismo.

Para ler o artigo “Meta-Analysis on Intervention Effects of Physical Activities on Children and Adolescents with Autism” completo, clique aqui.